Andando Juntos com Graça e Sob a Graça

Partilhar no FacebookPartilhar no Twitter

MEU DESEJO É QUE :
 O SENHOR TE ABENÇOE E TE GUARDE; O SENHOR FAÇA RESPLANDECER O SEU ROSTO SOBRE TI E TENHA MISERICÓRDIA DE TI; O SENHOR SOBRE TI LEVANTE O SEU ROSTO, E TE DÊ A PAZ". Num 6.24-26

MINISTÉRIO DA RECONCILIAÇÃO
 
RESOLVENDO CONFLITOS DA FORMA CORRETA.
 
ANDANDO JUNTOS COM GRAÇA E SOB A GRAÇA2 CORÍNTIOS 5.17  Assim que, se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que tudo se fez novo. 18  E tudo isto provém de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos deu o ministério da reconciliação;19  Isto é, Deus estava em Cristo reconciliando consigo o mundo, não lhes imputando os seus pecados; e pôs em nós a palavra da reconciliação. 20  De sorte que somos embaixadores da parte de Cristo, como se Deus por nós rogasse. Rogamo-vos, pois, da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus.
 
Quase sempre temos tentado ignorar os conflitos existentes, fazendo a política do avestruz ou procurando dizer que está tudo bem quando ainda temos coisas para resolver. Por vezes, fazemos algum tipo de arranjo, politicamente correto, ou ainda procuramos deixar o “tempo” resolver a questão.
 

Tempo, silêncio, “fazer de conta”, ignorar, ou agir falsamente, com a hipocrisia caracterÍstica dos que não amam ao Senhor, não resolve conflitos, não tira mágoa e não reconcilia pessoas, não dá solução aos problemas pois os sentimentos hostis permanecem.

A melhor forma de solucionar conflitos não é simplesmente fazer arranjos para uma acomodação, mas sim procurar uma reconciliação total; uma cura completa do mal e de suas causas e ainda a restauração plena nos relacionamentos. “Portanto, se você estiver apresentando a sua oferta diante do altar e ali se lembrar de que seu irmão tem algo contra você, deixe sua oferta ali, diante do altar, e vá primeiro reconciliar-se com seu irmão; depois volte e apresente sua oferta” (Mateus 5.23-24).
 
                Além das três Virtudes Teologais, que são a Fé, a Esperança e o Amor (1Cor 13.13); devemos pautar nossa vida na busca de solução de conflitos nos ensinos de Jesus, mas lembrando que isso implica também no respeito aos direitos e da vontade dos outros. Há quem não queira se reconciliar e deve ser então respeitado na sua decisão pessoal, mesmo com as conseqüências do ensino de Mateus 18.17.
 
Um estudo bíblico sobre relacionamentos rompidos, amizades estremecidas e conflitos entre irmãos em Cristo, brigas, falta de humildade, de respeito, de conciliação e de perdão deve começar com uma palavra: HUMILDADE,
 
E POR UM VERSO BÍBLICO: -(Tiago 4.1-2).  “De onde vêm as guerras e contendas que há entre vocês? Não vêm das paixões que guerreiam dentro de vocês? Vocês cobiçam coisas, e não as têm; matam e invejam, mas não conseguem obter o que desejam. Vocês vivem a lutar e a fazer guerras. Não têm, porque não pedem”
 
A raiz de tudo, portanto, segundo o ensino da Palavra de Deus, está em insistirmos em que tudo seja de um único modo – da nossa maneira e do jeito e modo. Queremos que seja assim, e não assado. O que queremos e quando queremos tem que acontecer e não importa como outros desejam. Os conflitos quase sempre tem origem na nossa maneira de ver, querer, dizer e impor nossa vontade. São as paixões que guerreiam dentro de nós.
 
O DIAGNÓSTICO DE JESUS SOBRE OS CONFLITOS ENTRE CRENTES.
 
Para entendermos bem o NOSSO problema de relacionamento Jesus faz um diagnóstico perfeito de nossas paixões e de nossa falta de humildade. No Sermão do Monte Ele nos ensina tantas e maravilhosas lições de vida, mas quase nunca estamos prontos a praticá-las, como seria diferente se nós vivêssemos praticando Seus ensinos.
 
Para vivermos sem conflito, uma lição exposta por Jesus, se praticada, nos faria evitar todos os conflitos interpessoais:  “Não julguem, para que vocês não sejam julgados. Pois da mesma forma que julgarem, vocês serão julgados;  e a medida que usarem, também será usada para medir vocês. Por que você repara no cisco que está no olho do seu irmão, e não se dá conta da viga que está em seu próprio olho? Como você pode dizer ao seu irmão: ‘Deixe-me tirar o cisco do seu olho’, quando há uma viga no seu? Hipócrita, tire primeiro a viga do seu olho, e então você verá claramente para tirar o cisco do olho do seu irmão" (Mateus 7.1-5).
 
                Cristo nos deu o Ministério da Reconciliação, vamos servir ao Senhor sendo reconciliadores, procurando a reconciliação e promovendo a PAZ.
 
PASTOR PAULO ROBERTO SÓRIA
 
ESTAREI ORANDO POR VOCÊ DESEJANDO ENVIE SEU PEDIDO DE ORAÇÃO www.iebam.org.br
 
PASTOR PAULO ROBERTO SÓRIA

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

KZ Contratipos